Total de visualizações

NOTÍCIAS DO LITORAL PARANÁ

Loading...

POLÍTICA

Loading...

Notícias do Brasil

Loading...

sábado, 24 de janeiro de 2015

Prático de Paranaguá assume presidência do Conselho Nacional de Praticagem

Gustavo Martins, prático de Paranaguá e agora presidente da Conapra 

Neste mês, o prático Gustavo Martins, de Paranaguá, assumiu a presidência do Conselho Nacional de Praticagem (Conapra), demonstrando a importância dos portos paranaenses para a atividade portuária em todo o Brasil. Eleito para o biênio 2015-2016, Martins é também capitão-de-mar-e-guerra da reserva da Marinha do Brasil, aviador naval, mestre e doutor em Processos pela Naval Postgraduate School em Monterey, Califórnia (EUA).

De acordo com Gustavo Martins, na sua gestão a Conapra irá focar na continuidade do trabalho do seu antecessor, Ricardo Falcão, com defesa contínua da praticagem em todo o país, agindo contra as tentativas de enfraquecimento da classe, segundo ele. Apesar disso, o presidente ressalta que estará aberto ao diálogo com autoridades e outros envolvidos no setor portuário.

O foco principal da preocupação da Conapra em sua gestão será o projeto do Governo Federal que tabela o ganho dos práticos. “Está claro para nós e para a justiça que a praticagem é uma atividade privada e, como tal, não pode sofrer a interferência do governo”, disse Martins, se manifestando publicamente contra o teto salarial imposto pela Comissão de Assuntos de Praticagem do Governo Federal, ato suspenso atualmente por liminar obtida na justiça.

Parnanguara Thiago Rodrigues reage a assalto e é assassinado no centro de Curitiba


A vítima foi levada em estado gravíssimo para o Hospital Cajuru. (Foto: Ciciro Back)


Suposta tentativa de assalto terminou com a morte de Thiago Rodrigues, 28 anos, na tarde dessa quinta-feira (22). 

Ele estava com a sogra, em um Fox vermelho, com placas de Paranaguá, quando foi abordado por um rapaz, na Avenida Sete de Setembro, no Rebouças, em Curitiba. 

Testemunhas disseram que Thiago teria reagido e até entrado em luta corporal com o bandido, que fugiu após atirar, deixando um par do tênis da marca Nike que vestia no local do crime.

O carro de Thiago estava estacionado na Rua Sete de Setembro, quase esquina com a Rua Alferes Poli. Marcel Alves passava pela rua e disse ter assistido a toda a ação.

Ele contou que viu quando o bandido abordou o veículo e Thiago teria saído para discutir com o marginal. ‘Nisso ele grudou na arma do cara e reagiu. O bandido deu uns dois passos para trás e ele reagiu novamente. Foi aí que o cara atirou no peito dele‘, relatou.

Rosaldo Alves, que trabalha em um prédio próximo ao local do crime, afirmou que, lá de cima, viu quando Thiago e a sogra desceram do carro. ‘Veio esse bandido e tentou assaltar, mas como ele não entregou o carro, ele atirou‘, comentou. Ele disse que o assaltante estava sozinho.

A sogra de Thiago estava extremamente abalada. Os socorristas e médicos do Siate fizeram massagem cardíaca para reanimá-lo ainda no meio da via. Ele seria encaminhado ao Hospital Cajuru, mas morreu na ambulância.

Segundo testemunhas, o bandido era moreno, vestia jaqueta cinza e estava de boné. 

Câmeras de segurança da região devem auxiliar a identificação do marginal. O crime deve ser investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR).

Um rapaz e sua sogra foram alvo de bandidos na tarde desta quinta-feira (22) na Avenida Sete de Setembro, perto da esquina com a rua Alferes Poli. Segundo testemunhas, a vítima estava dentro de um carro com placas de Paranaguá, quando foi abordado por um assaltante. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Cajuru, mas não resistiu e morreu.

Tragédia: parnanguara é assassinado em Curitiba

Difícil situação deve estar sendo vivida pela família do parnanguara Thiago Rodrigues. De acordo com informações extra-oficiais, ele foi para Curitiba hoje, com a esposa, e foi assaltado. Segundo o site Paraná Online, Thiago estava com a sogra quando foi alvo de bandidos na Avenida Sete de Setembro, perto da esquina com a rua Alferes Poli.

thiago rodriguesSegundo testemunhas, a vítima estava dentro do carro quando foi abordado por um assaltante. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Cajuru, mas não resistiu e faleceu. Thiago foi alvejado duas vezes no peito.

Após os disparos, o marginal fugiu a pé. Populares afirmaram que o bandido usava casaco cinza e estava de boné. A princípio, nenhum pertence da vítima teria sido levado. Um dos tênis do assaltante ficou no local.

No perfil de Thiago, na rede social Facebook, consta que ele trabalha na Cooperativa de Transportes de Cargas e Anexos Ltda.

Infelizmente, a insegurança vem tomando conta das ruas, bairros e cidades. Não importa onde você esteja.

Na página de Thiago, uma amiga diz que “o mais triste dessa história é saber que um rapaz tão jovem e trabalhador, com plena saúde, foi morto por uma pessoa miserável que não é capaz de trabalhar honestamente que por falta de vergonha na cara, falta de Deus, falta de amor ao próximo ..fazem isso, tiram sorrisos, destroem famílias …. Lamentável”.






A vítima foi levada em estado
gravíssimo para o Hospital Cajuru. (Foto: Ciciro Back)

Suposta tentativa de
assalto terminou com a morte de Thiago Rodrigues, 28 anos, na tarde dessa
quinta-feira (22). Ele estava com a sogra, em um Fox vermelho, com placas de
Paranaguá, quando foi abordado por um rapaz, na Avenida Sete de Setembro, no
Rebouças, em Curitiba. Testemunhas disseram que Thiago teria reagido e até
entrado em luta corporal com o bandido, que fugiu após atirar, deixando um par
do tênis da marca Nike que vestia no local do crime.
O carro de Thiago
estava estacionado na Rua Sete de Setembro, quase esquina com a Rua Alferes
Poli. Marcel Alves passava pela rua e  disse ter assistido a toda a ação.
Ele contou que viu quando o bandido abordou o veículo e Thiago teria saído para
discutir com o marginal. ‘Nisso ele grudou na arma do cara e reagiu. O bandido
deu uns dois passos para trás e ele reagiu novamente. Foi aí que o cara atirou
no peito dele‘, relatou.
Rosaldo Alves, que
trabalha em um prédio próximo ao local do crime, afirmou que, lá de cima, viu
quando Thiago e a sogra desceram do carro. ‘Veio esse bandido e tentou
assaltar, mas como ele não entregou o carro, ele atirou‘, comentou. Ele disse
que o assaltante estava sozinho.
A sogra de Thiago
estava extremamente abalada. Os socorristas e médicos do Siate fizeram massagem
cardíaca para reanimá-lo ainda no meio da via. Ele seria encaminhado ao
Hospital Cajuru, mas morreu na ambulância.
Segundo testemunhas, o bandido era
moreno, vestia jaqueta cinza e estava de boné. Câmeras de segurança da região
devem auxiliar a identificação do marginal. O crime deve ser investigado pela
Delegacia de Furtos e Roubos (DFR).

Rapaz reage a assalto e é assassinado no Rebouças

22/01/2015 - 18:23
Um rapaz e sua sogra foram alvo de bandidos na tarde desta quinta-feira (22) na Avenida Sete de Setembro, perto da esquina com a rua Alferes Poli. Segundo testemunhas, a vítima estava dentro de um carro com placas de Paranaguá, quando foi abordado por um assaltante. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital Cajuru, mas não resistiu e morreu.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

SOS Paranaguá reúne quase 300 pessoas no 2º abraço na Estação Ferroviária

O ato público em favor da imediata recuperação e manutenção do patrimônio público reuniu um seleto número de formadores de opinião e pessoas do dia a dia, divididos entre profissionais liberais, empresários, trabalhadores das mais diversas áreas, vereadores e responsáveis por segmentos públicos federal, estadual e municipal.

O tempo fechado e propício a chuva desta terça-feira (20), às 19 horas, não foi obstáculo para o primeiro grande ato de cidadania e zelo em favor do mais representativo patrimônio histórico do Paraná, a centenária Estação Ferroviária de Paranaguá. 

Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) que fez a cessão para a prefeitura em 2012, a Estação Ferroviária ganhou, hoje, o segundo abraço comunitário promovido pelo grupo do facebook “SOS Paranaguá”, criado por Acyr Correia Junior e conta atualmente com 2.148 membros

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Faixa de areia disputada por 9 milhões

Jonathan Campos/Gazeta do Povo / Aproveitando o calor dos últimos dias, turistas já começaram a aproveitar as praias do Paraná
Aproveitando o calor dos últimos dias, turistas já começaram a aproveitar as praias do Paraná
Expectativa é de que o movimento no Litoral do Paraná seja 15% maior, mas lojistas temem que falta de estrutura afugente turistas

Oficialmente, o verão começa apenas dia 21 de dezembro, mas as altas temperaturas registradas recentemente já estão atraindo levas de turistas para as praias do Paraná, que devem receber um número de visitantes 15% maior em relação à temporada 2013/2014. No período anterior, as cidades litorâneas recepcionaram aproximadamente 8 milhões de pessoas entre dezembro, janeiro e fevereiro, segundo levantamento da Polícia Militar (PM).
De acordo com Carlos Dalberto Freire, presidente da Associação de Hotéis, Pousadas, Restaurantes, Bares, Casas Noturnas e Similares do Litoral Paranaense (Assindilitoral), uma temporada mais enxuta, com o carnaval em fevereiro, é benéfica para a região, pois os turistas tendem a estender a estadia até o fim da folia. “A temporada passada foi longa, mas o comerciante ficou três semanas de braços cruzados aguardando o carnaval. Este ano, teremos um verão mais curto, mas excelente para o comércio”, aposta Freire.