NOTÍCIAS DO LITORAL PARANÁ

Loading...

POLÍTICA

Loading...

Notícias do Brasil

Loading...

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Antaq aprova porto em Pontal do PR

Divulgação/Porto Pontal Paraná / Área do futuro porto tem 610 mil m²: conclusão da primeira fase está prevista para 2017Área do futuro porto tem 610 mil m²: conclusão da primeira fase está prevista para 2017
Investimento de R$ 1,1 bilhão em novo terminal privado de contêineres vai aumentar em 55% a capacidade portuária do Paraná
Com potencial previsto para dobrar a capacidade de movimentação de contêineres nos portos paranaenses, o antigo projeto de um terminal privado em Pontal do Paraná, no Litoral do estado, pode finalmente começar a sair do papel. A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) concedeu a autorização definitiva para a construção do terminal. O contrato de concessão entre a Antaq e a empresa paranaense Porto Pontal Paraná Importação e Exportação, dona do projeto, já havia sido assinado há pouco mais de um ano, mas teve de ser adaptado à nova Lei dos Portos, aprovada em junho de 2013.
O investimento no terminal é estimado em R$ 1,1 bilhão e deve ser realizado em duas etapas. A expectativa da empresa é que a primeira fase – que corresponde a dois terços da estrutura total prevista no projeto – fique pronta até o final de 2017, com capacidade de movimentação de 1,5 milhão de unidades. Ao todo, o terminal deve ocupar uma área de 600 mil m², com um cais de atracação de 1,3 mil metros, maior que o Tecon de Santos (SP), que tem 980 metros de cais, e que o Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP), que possui 879 metros de cais.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Termina hoje prazo de adesão ao Refis da Crise

dinheiro
Os contribuintes que têm dívidas com a União vencidas até 31 de dezembro de 2013 têm até hoje (25) para pedir o parcelamento do Refis da Crise, programa de renegociação de débitos federais. O programa para a adesão está disponível no

Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC).

O Refis da Crise prevê o parcelamento em até 180 meses (15 anos) de dívidas de pessoas físicas e jurídicas com a União. A renegociação abrange tanto tributos em atraso, devidos à Receita Federal, quanto débitos inscritos da dívida ativa da União, cobrados pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

Todos os parcelamentos terão isenção de encargos e descontos escalonados de multas e juros conforme o número de prestações. Em relação às multas de mora e de ofício, o abatimento varia de 100% para débitos quitados à vista a 60% para dívidas parceladas em 180 meses. O desconto nos juros ficará entre 45% e 25% na mesma comparação.

domingo, 24 de agosto de 2014

OPERAÇÃO TARRAFA - Fraudes teriam lesado a Petrobras


Jonathan Campos/Gazeta do Povo / Esquema que prejudicou pescadores pode chegar à estatalEsquema que prejudicou pescadores pode chegar à estatal
MP vai investigar relação do advogado da estatal com o grupo acusado de lesar pescadores. Ele trocou 33 e-mails com integrantes do esquema
A central de fraudes montada no Fórum de Paranaguá para desviar indenizações pagas pela Petrobras a pescadores atingidos por acidentes ambientais também teria lesado a estatal. O Ministério Público vai investigar o advogado defensor da Petrobras por suposto envolvimento com os líderes do esquema, presos há 19 dias. Em depoimento à 1.ª Promotoria de Justiça de Paranaguá, parte dos réus declarou que o advogado da estatal teria recebido dinheiro das fraudes. A Gazeta do Povo teve acesso a uma série de e-mails trocados entre ele e um dos líderes do grupo.

Mais verbas para o artista brilhar e o atleta surgir "MUITO ALÉM DO LAZER "

Marcelo Andrade/ Gazeta do Povo / Marcelo Carneiro, técnico  de natação da Fundação Nadar :  “O esporte muda a vida da família toda. Há um cronograma a ser cumprido, hábitos de saúde, higiene, rotina de sono, e tudo isso aprimora o senso de responsa­­bilidade”
Marcelo Carneiro, técnico de natação da Fundação Nadar : “O esporte muda a vida da família toda. Há um cronograma a ser cumprido, hábitos de saúde, higiene, rotina de sono, e tudo isso aprimora o senso de responsa­­bilidade”
Esporte e cultura ainda são relegados ao segundo plano nos investimentos públicos. Mas profissionais das duas áreas garantem que, com mais atenção dos governos, haveria muitos benefícios à sociedade
Com cinco ou seis retas é fácil fazer uma cancha, ou um palco para apresentações musicais. Mas formar um atleta ou um artista para ocupar esses espaços exige muito mais. Dentre tantas demandas sociais, as atividades esportivas e culturais costumam ser coadjuvantes nas políticas públicas, e talvez por isso sejam abraçadas co2">m força por alguns cidadãos. Como os 18 que criaram a Fundação Nadar em 2002, que promove a inclusão social pela prática da natação.

sábado, 23 de agosto de 2014

Moradores se mobilizam em Paranaguá, com apoio e assistência jurídica Hermann IV & Advogados


Os moradores da Vila Becker e do Canal do Anhaia, em Paranaguá, deram mais um passo na busca por seus direitos. Uma ação pública foi proposta em 2008 pelo Ministério Público Federal contra a APPA (Associação dos Portos), IAP (Instituto Ambiental do Paraná), União, e as empresas Vopak, Fospar, Cattalini e Petrobrás com o objetivo final de impedir o funcionamento do Terminal Público de Álcool, mediante suspensão de licenças ambientais concedidas e ordem para que não haja novas autorizações de funcionamento. 

Os réus de forma solidária foram obrigados a efetuar o levantamento das famílias residentes no entorno da área onde se situa o citado Terminal (Vila Becker e Canal da Anhaia). No pedido o MPF pede também uma avaliação dos imóveis de cada grupo familiar, sugerindo a utilização do cadastro já realizado pela Cohapar e avaliação por profissionais da Caixa Econômica Federal.